Guia do Iniciante

Videoaulas

Informações básicas sobre como funciona o mercado financeiro em uma linguagem fácil, própria para você que quer começar a investir.

Conheça alguns tipos de investimentos

Entenda um pouco mais sobre ações, tesouro direto, fundos imobiliários e ofertas públicas.

Confira passo a passo como investir no mercado financeiro

1Qual o seu sonho?

O primeiro passo é definir um objetivo. Fazer uma viagem? Casar? Formar uma família? Planejar sua aposentadoria? Depois, é preciso saber em quanto tempo você quer realizá-lo: curto, médio ou longo prazo.

2Economize e invista

Com objetivo e prazo definidos, é hora de começar a poupar, regularmente, uma parte da sua renda. Não é uma tarefa fácil, mas necessária! E se você já tem uma quantia guardada, não deixe o dinheiro parado na conta. Você está a poucos passos de fazer o seu dinheiro render por você.

3Escolha a Corretora

Para começar a investir, é necessário se cadastrar em uma corretora de valores, que funciona como intermediária entre você e a Bolsa. É na Corretora que você recebe informações sobre o mercado financeiro e consolida o investimento. Por isso, a escolha de uma boa corretora é fundamental para o sucesso dos seus investimentos.

4Onde investir?

Escolha o produto adequado para  o seu Perfil de Investidor ( API): Ações, tesouro direto, fundos imobiliários, debêntures e muito mais!

5Abra sua conta

Agora, é chegada a hora de colocar em prática. Para investir, basta ter uma conta-corrente no Bradesco e, em seguida, fazer um cadastro gratuito na Bradesco Corretora.

Principais produtos

São títulos que representam partes de uma empresa. Ao comprar uma ação, você adquire participação nessa companhia, tornando-se sócio e assumindo obrigações. Por outro lado, ganha o direito de receber sobre os lucros da mesma - na mesma proporção da sua participação.

Para comprar e vender ações no mercado secundário, você deve ser cliente de uma corretora de valores, que intercede as negociações.

Dúvidas frequentes

  • O que são ações?
    Ação nada mais é do que uma parcela do capital de uma companhia. Quando uma empresa deseja investir em projetos, melhorias ou fortalecer sua estrutura, ela abre o seu capital. A partir do momento em que ela tem o capital aberto, qualquer pessoa que deseja pode comprar suas ações na Bolsa de Valores. Comprando ações de uma empresa, você se torna sócio dela e tem direito a receber parte do lucro da companhia.
  • O que é perfil de investidor?
    Para descobrir como você lida com o seu dinheiro, é importante traçar estratégias nos seus investimentos e definir o seu perfil. E pra definí-lo é preciso levar em consideração três fatores. O primeiro é o seu objetivo, como a compra de um apartamento, a educação dos filhos, fazer uma viagem ou planejar sua aposentadoria. Depois, é preciso saber em quanto tempo você deseja realizá-lo. Será no curto, médio ou longo prazo? E por último, qual sua tolerância ao risco: conservador, moderado ou arrojado?
    Para ter uma avaliação precisa, existe o formulário de Análise do Perfil do Investidor. Clique aqui para preenchê-lo.
  • O mercado em queda significa sempre algo ruim?
    Não. Quando o mercado está em queda ou o Índice Bovespa terminou o dia negativo, não necessariamente você estará perdendo dinheiro. O resultado divulgado é apenas uma média do desempenho das principais empresas do Ibovespa. Algumas ações podem ter subido e muitos investidores podem ter obtido lucro naquele dia. O mercado em queda também pode se tornar uma boa oportunidade para comprar ações com o valor abaixo do potencial.
  • O preço de uma ação pode subir e depois cair no mesmo dia?
    Sim. Os preços das ações oscilam diariamente de acordo com o movimento do mercado. E o fator que faz com que as ações oscilem é a famosa lei da oferta e da demanda.

    Por exemplo, a ação de uma empresa que você comprou começa o dia valendo R$5,00. Ao longo do pregão, muitos investidores decidem acreditar no potencial dela e comprar esse papel também. A ação, então, terá variações no valor, e subirá de preço.

    Se você considerar que o valor atingido já está satisfatório para você, basta vender sua ação e obter o lucro. Caso tenha expectativa de que o papel subirá ainda mais, poderá aguardar até o momento em que considerar ideal para vender.

    Mas lembre-se, como falamos anteriormente, o papel também pode cair. Se você comprar por R$5,00 e poucas pessoas se interessarem por esse papel ou algum outro fator comprometer essa empresa, possivelmente os investidores ficarão desacreditados e venderão suas ações. A tendência, então, será de queda para o papel, que ficará valendo menos do que o valor comprado.

Bradesco S.A. Corretora de Títulos e Valores Mobiliários, instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.
Toda comunicação através da rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas, nos termos da Instrução 380 da CVM.
Todas as cotações, disponibilizadas na área aberta do site, possuem defasagem de aproximadamente 15 minutos.